segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Heróis do passado: Rudy Tomjanovich

Lenda de Michigan
   Nossa série hoje relembra a carreira de um grande nome do Houston Rockets, atleta de sucesso no basquete e que também foi um grande treinador. Estamos falando de Rudy Tomjanovich, um dos grandes alas da história que teve médias incríveis na NCAA. Não conhece a fera? Vem ler o texto então!
   Rudy Tomjanovich é nascido Hamtramck, Michigan, de uma família com ascendência croata, começou a jogar basquete na escola que levava o nome da cidade. Mais tarde jogou basquete na Universidade de Michigan, onde teve grande destaque, foi All-American e All-Big Ten Segundo Time, além de estabelecer o recorde de rebotes da Universidade de Michigan que continua intocável (1039 rebotes). Na carreira universitária teve médias de 25.1 pontos e 14.4 rebotes com 48,1% de aproveitamento.
   Sua carreira na NBA começou em 1970 quando foi a segunda escolha do Draft, selecionado pelo San Diego Rockets, também foi selecionado pelo Utah Stars da ABA em 1971 e 1974. Tomjanovich atuou toda a carreira pela equipe dos Rockets, teve uma primeira temporada bem complicada, com pouco tempo de quadra, apenas 13 minutos e médias de 5.3 pontos e 4.9 rebotes. Mas depois disso foi uma carreira sempre em ascensão, foi 5 x All-Star, é o terceiro cestinha da história da franquia, teve na carreira médias de 17.4 pontos e 8.1 rebotes e um aproveitamento de 50,1% dos arremessos.
   Infelizmente a maior lembrança de sua carreira foi a grave lesão que sofreu em 1977, quando Kermit Washington lhe deu um soco que quebrou seu maxiliar, rosto e causou lesões na cabeça com risco de morte. O golpe lhe rendeu cinco meses de afastamento das quadras, mas essa lesão acabou acarretando uma aposentadoria precoce aos 30 anos. 


Teve uma boa carreira com os Rockets
   Com uma carreira tão consistente por onde passou teve seu número 45 aposentado pelos Rockets e pela Universidade de Michigan. Depois de largar a bola começou a usar a prancheta, e teve ainda mais sucesso, começou como scouteiro dos Rockets por dois anos, em 1983 tornou-se auxiliar técnico. Foi assistente de Bill Fitch e Don Chaney, assumiu como treinador em 1992 quando Chaney renunciou o cargo. Tomjanovich quase levou a equipe aos Playoffs e por conta do bom trabalho foi efetivado.
   Na temporada seguinte tornou-se o primeiro treinador a levar uma equipe da loteria para um título de divisão em seu primeiro ano no cargo. Consequentemente nas duas temporadas seguintes foi campeão da NBA (1994-1995), ele tornou os Rockets a única equipe além dos Bulls a ver mais de um campeonato na década de 90. No seu segundo título os Rockets foram a primeira equipe a vencer as quatro equipes com melhor recorde da temporada, sendo eles os sextos colocados. 
   Rudy T. atuou por onze anos como treinador dos Rockets, é o recordista em vitórias (503) e percentual de vitórias da franquia (56,7%). Treinou a equipe dos EUA no mundial de 1998 sem contar com estrelas da NBA e foi o terceiro colocado, garimpando assim seu lugar como treinador da equipe campeã dos Jogos Olímpicos de Sidney em 2000. Deixou a profissão por conta de um câncer na temporada 2003/03, retornou para os Lakers em 2004 mas só ficou 41 jogos e saiu por conta do desgaste físico e mental.
   Tomjanovich era um treinador de estilo instintivo e intensidade no banco, sempre teve ótima relação com os jogadores e todos veteranos queriam jogar com ele como fizeram Charles Barkley, Scottie Pippen e Clyde Drexler. Ele com toda certeza foi um dos grandes nomes da liga dentro e fora das quaras e merece ser lembrado!
Postar um comentário